Saiba mais sobre esta promoção

Mais um imposto para o brasileiro comemorar. Quem está pretendendo realizar viagens para fora do país, pode preparar uma alíquota de mais 25%, sobre os gastos que deverá sofrer incidência sobre o Imposto de Renda. Foi aprovado neste último dia 26 de janeiro de 2016, no Diário Oficial da União essa regulamentação e o término do prazo de isenção sobre as remessas do exterior. Os únicos serviços que não irão ter essa porcentagem são os referentes a saúde e educação.

O imposto atinge os valores pagos, entregues, empregados, creditados e remetidos para o exterior, para a finalidade de serviços que são decorrentes de viagens para turismo, serviços, missões oficiais, negócios e treinamentos. Despesas de transporte, hospedagem, cruzeiros e tudo será taxado nesse imposto.

As remessas que são destinadas para fora do país, que sejam para fins científicos, culturais, educacionais, estão livres da retenção no IR. O mesmo ocorre para serviços referentes a saúde e também para a manutenção de dependentes fora do Brasil que não tenham rendimentos.

imposto sobre viagens ao exterior

A Abav, Associação Brasileira de Agências de Viagens, fez uma solicitação ao governo para não adotar a alíquota, mas não foi ouvida, e o pior, a expectativa deles é de que a taxação giraria em torno de 6,38%, mas foram surpreendidos (todos nós) com os 25%.

“Meu Brasil, brasileiro…”

Autor
Wes

Wes

A anos trabalhando com as melhores promoções de pacotes de viagens CVC, Hotel Urbano HURB, Decolar, Groupon, Submarino Viagens, pacotes turísticos, promoção de passagens aéreas LATAM, GOL, AZUL, AVIANCA, pousadas, hotéis, resorts e tudo que envolve turismo.